27/10/22: Boletim do Monitoramento do NEV Eleições 2022 – Twitter

No boletim #5 do Monitoramento sobre as Eleições 2022 do NEV, a plataforma analisada é o Twitter, a partir dos perfis dos candidatos Luis Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro, observando os tweets publicados entre 16 de agosto de 2022 a 25 de outubro de 2022 (primeiro e segundo turno da campanha eleitoral).

Observa-se que o Twitter tem sido um espaço bastante disputado entre os dois candidatos à Presidência da República ao longo da campanha eleitoral, podendo se configurar como um balizador para a opinião pública, as escolhas e preferências do eleitorado.

Bolsonaro apresenta maior número de seguidores na rede, mas nos outros critérios avaliados, Lula se saiu melhor, principalmente no volume de replies de seus tweets, cerca de onze vezes mais do que os de Bolsonaro. O crescimento de seguidores de Lula no 2o turno é um dado que sugere assertividade de sua estratégia na plataforma.

 

Leia o boletim completo e confira também os gráficos:

 

O Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP) já disponibilizou cinco boletins do Monitoramento sobre as Eleições 2022, realizado pelos pós-doutorandos Pablo Almada e Natasha Bachini, pelo pesquisador de Iniciação Científica Lucas Sander e a Coordenação de Marcos César Alvarez. No primeiro boletim, que iniciou a série em julho, foi analisada a plataforma Youtube. Na sequência, foram estudadas as plataformas Instagram, TikTok e Facebook.

 

Sobre o Monitoramento

O objetivo da iniciativa é observar a consolidação dessas plataformas como um importante meio de comunicação política. Interessa, principalmente, identificar e compreender posturas que possam ensejar autoritarismos nas relações cotidianas e a deslegitimação das instituições democráticas.

Os levantamentos vão servir também para subsidiar as demais linhas de pesquisa do Núcleo e serão reunidas em página fixa do site do NEV, na aba de “Projetos”, destinada ao Monitoramento: https://nev.prp.usp.br/projetos/monitoramento-das-eleicoes-2022/