Educação e pandemia

Redação e Arte: Aline Mizutani Gomes e Mariana Chies-Santos

Durante o mês de junho de 2020 a equipe da Socialização Legal, do NEV-USP, realizou uma pesquisa online com professores das redes pública e privada de ensino. O objetivo era o de identificar as principais preocupações e desafios enfrentados durante a quarentena até então.

Buscaram compreender quais eram os temas de interesse para que abordassem em debates com especialistas de diferentes áreas, de modo a contribuir para a atuação dos professores durante o período de isolamento social.

A partir da disponibilização de formulário online nas redes sociais do NEV-USP, além do envio do documento para grupos de professores, a equipe contou com a metodologia “bola de neve” para obter as respostas e iniciar nosso plano de ação.

Veja alguns resultados e acesses todos os dados no relatório Educação e Pandemia

Quase 70% dos professores se preocupam com a capacidade dos seus/as alunos/as em acompanhar as aulas online
Ao serem perguntados se receberam ou sabem de algum/a professor/a que recebeu relatos de famílias de alunos com dificuldades para fornecer alimentação e cuidados básicos durante o isolamento social, mais de 70% disseram que sim.

Em relação às preocupações apresentadas espontaneamente, 195 participantes responderam a questão, que aparece descrita no gráfico abaixo:

17,4% se preocupam com as dificuldades no Aprendizado; 16,4% em Condições Materiais para o Aprendizado; 12,8% Retorno às aulas; 9,2% Bem-Estar dos Alunos e 9,2% Vulnerabilidade das famílias

Outras questões também apareceram, como saúde mental (8,7%), muitas demandas de trabalho (7,2%), saúde dos/as educadores/as (5,6%), violência doméstica (5,1%), preocupação com a pandemia em si (3,1%), vínculo com os/as alunos/as (3,1%), evasão escolar (1%), desemprego (0,5%) e medo (0,5%).

A partir dos resultados e análise dos dados coletados, a Equipe da Socialização Legal do NEV identificou as questões que mais afetavam os/as professores/as participantes da pesquisa. Com isso, realizaram, até agosto de 2020, dois eventos online para tratar dos temas.

O primeiro deles ocorreu no dia 26 de junho, com agentes envolvidos na educação, para debater o papel da escola na proteção dos direitos da criança e do adolescente, em especial sua atuação em relação à violência intrafamiliar contra crianças e adolescentes. O debate pode ser visto em nossa página no YouTube.

O segundo evento, realizado no dia 03 de agosto, contou com a presença de especialistas para debater as desigualdades sociais e o acesso à educação no contexto da pandemia. A apresentação também está disponível em nossa página no YouTube.

Acesse o relatório completo para ver todas os dados.