Iniciação científica discute qualidade dos boletins de ocorrência e concorre em Simpósio Internacional

A iniciação científica “Dinâmica Criminal em São Paulo: A Qualidade do Registro Digital de ocorrências e sua Espacialização” da Beatriz Oliveira de Carvalho, pesquisadora do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo, trata da qualidade dos Boletins de Ocorrência na capital paulista entre 2006 e 2017 e foi escolhida para a segunda fase do 28º Simpósio Internacional de Iniciação Científica e Tecnológica da USP (SIICUSP) da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP. Ela, com ajuda do colega Bruno Lima, gravou um Flash Talk, vídeo de até 1m30seg explicando a pesquisa para o público leigo. O vídeo está concorrendo na votação do SIICUSP até o dia 26 de março.

E no dia 22 de Março, das 9h às 11h, ela participará da sessão HUM3 e fará uma apresentação falando mais da sua pesquisa. O link estará disponível no site do SIICUSP.

A pesquisa de Beatriz Oliveira de Carvalho olhou para os boletins de ocorrência de Roubos a Transeuntes e de Roubos de Veículos, procurando saber se o endereço registrado nos BOs permitiam encontrar o local onde o crime aconteceu.  Em breve, a pesquisadora irá disponibilizar um Atlas com 20 especialistas comentando os resultados, mas já adianta que 2014 foi o ano com o maior número de endereços não encontrados.

Para saber mais, assista o vídeo produzido pela pesquisadora e os outros Flash Talks e vote no seu favorito.