NEV realiza debates pensando em eleições municipais

O calendário eleitoral de 2020 coloca as cidades brasileiras no centro do debate público. Por esse motivo, o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo organiza uma série de encontros que relacionam suas agendas de pesquisa com temas sensíveis aos poderes públicos municipais. Os seminários buscam contribuir para a reflexão sobre os desafios e possibilidades que se colocam adiante para gestores e lideranças políticas que serão eleitos no próximo mês de novembro. O projeto foi idealizado pelo pesquisador de pós-doutorado Pedro Benetti.

A execução das Medidas Socioeducativas de Meio Aberto em São Paulo

No primeiro debate foi discutido o papel do poder público municipal na execução das medidas socioeducativas em meio aberto na cidade de São Paulo. Mariana Chies, pesquisadora de pós-doutorado do NEV e Coordenadora-Chefe do Departamento da Infância e Juventude do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCRIM), e Alice Calil, Mestranda do Programa de Pós-graduação em Serviço Social pela PUC-SP. Atuou durante quatro anos no Serviço de Medida Socioeducativa em Meio Aberto do Butantã e na Articulação das/os trabalhadoras/es e Serviços de Medidas Socioeducativas em Meio Aberto da cidade de São Paulo.

Políticas de Enfrentamento e a Prevenção à Violência Doméstica No Nível Municipal

No segundo evento da série de debates sobre o município, o NEV trouxe o problema da violência contra a mulher. O evento contou com a participação de Fabíola Sucasas, Promotora de Justiça do MPSP, Marilis Curym, diretora de Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Jacareí- SP, Ana Paula de Almeida, gerente de serviço do Centro de Defesa e Convivência da Mulher Casa de Isabel, e de Mônica Uchôa, agente comunitária de saúde do Município de São Paulo e Promotora legal popular. A mediação foi de Giane Silvestre, pesquisadora de pós-doutorado do NEV.

(Meio) ambiente (d)e violência: o que nós e os futuros gestores não podemos ignorar

O pesquisador do NEV Marcelo Batista Nery participa do diálogo que encerra o ciclo. Ele conversa com o jornalista Tulio Kruse de Morais e o doutor em Saúde pública Diego Carvalho, debatendo sobre a relação entre o espaço da cidade, meio ambiente e segurança pública.