Nota de Repúdio ao Racismo sofrido pelo Tenente Coronel da PMESP Evanilson de Souza

O Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV/USP) repudia todas as formas de discriminação, independentemente de quem parta a ofensa e de quem seja o ofendido.

Lamentamos ainda mais que a ofensa sofrida pelo Tenente Coronel da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Evanilson de Souza, tenha ocorrido durante uma apresentação virtual organizada pela USP. O saber científico não se molda e tão pouco avança a partir de preconceitos.

O Tenente Coronel Souza tem sido incansável em combater o racismo que permeia muitas das práticas policiais. O acintoso ataque que sofreu em sua apresentação não apenas demonstra a importância, mas sobretudo a necessidade do trabalho que tem desenvolvido. Demarca ainda que são imensos os desafios para demover preconceitos no interior de uma sociedade profundamente hierárquica e racista.

Solidarizamo-nos com o Tenente Coronel Souza e esperamos que os responsáveis sejam devidamente identificados e responsabilizados.