“PCC é conveniente em SP porque produz fenômeno da pacificação”, dizem autores de livro sobre facção

A socióloga Camila Nunes Dias e o jornalista e economista Bruno Paes Manso acompanham os passos da facção paulista há mais de uma década. A professora da Universidade Federal do ABC e o pesquisador do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo lançam este mês o livro “A Guerra –A ascensão do PCC e o mundo do crime no Brasil (Editora Todavia)”.

Leia entrevista completa no UOL