A demarcação das terras indígenas no Brasil: uma análise do direito originário ao território a partir do Tema 1031 em julgamento no Supremo Tribunal Federal – STF

Texto disponível junto com a série completa na página https://nev.prp.usp.br/relatorio-de-direitos-humanos/

 

O Texto é acompanhado da publicação do Episódio nº 8 do Podcast Cidadania XXI, com Rafael Modesto, trazendo alguns trechos do texto “A demarcação das terras indígenas no Brasil: uma análise do direito originário ao território a partir do Tema 1031 em julgamento no Supremo Tribunal Federal”, de autoria de Paloma Gomes e Rafael Modesto, combinados com uma conversa entre a jornalista Cristina Uchôa, que atua na comunicação do NEV, e o autor.

O texto pode ser acessado em sua íntegra no site do NEV, em especial na página dedicada ao Relatório de Direitos Humanos: https://nev.prp.usp.br/relatorio-de-direitos-humanos/

Cidadania XXI é o Podcast do Relatório dos Direitos Humanos no Brasil. O Relatório é uma parceria entre o NEV, a Comissão Arns e a Anpocs.

O Podcast é produzido pelo NEV e está disponível no Youtube, no Spotify, no Deezer e demais tocadores de podcast.

Ficha Técnica

A demarcação das terras indígenas no Brasil: uma análise do direito originário ao território a partir do Tema 1031 em julgamento no Supremo Tribunal Federal – STF
Authors:
Ano: 2022
Referência: Relatório de Direitos Humanos no Brasil
Tema(s): Direitos Humanos, Relações Raciais
Tipo: Artigo
Language: Português
Formato: PDF
Páginas: 13
Acessar arquivo

Procurar publicações

Como citar essa publicação

GOMES, Paloma e MODESTO, Rafael. A demarcação das terras indígenas no Brasil: uma análise do direito originário ao território a partir do Tema 1031 em julgamento no Supremo Tribunal Federal – STF. Relatório de Direitos Humanos no Brasil. São Paulo: NEV-USP, 2022.