O Governo da Segurança: Modelos Securitários Transnacionais e Tecnologias de Vigilância na Cidade de São Paulo

Resumo:

Recentemente, a segurança pública em São Paulo tem sido impactada por discursos associados à noção de “smart city”. A introdução de sistemas de câmeras permitiu que empresas privadas e governo municipal propusessem modelos de gerenciamento securitário que atribuem crescentes responsabilidades individuais em certos espaços, propondo o uso intensivo da vigilância. Com base na análise dos projetos Vizinhança Solidária, City Câmeras e São Paulo Inteligente, o objetivo desse artigo é explorar o modo como essas iniciativas potencializam novas formas de governo da segurança na cidade, tendo em vista tendências identificadas por estudos na área: esferização, sociabilidade securitária e infraestruturação da vigilância. Assim, ao buscar identificar os deslocamentos provocados por esses arranjos localmente, são retomados os debates críticos sobre vigilância e governança multicêntrica da segurança.

Palavras-Chave: Gerenciamento da Segurança; Vigilância; São Paulo; Governança Multicêntrica; Sociabilidade Securitária.

Ficha Técnica

O Governo da Segurança: Modelos Securitários Transnacionais e Tecnologias de Vigilância na Cidade de São Paulo
Authors: Alcides Eduardo dos Reis Peron, Marcos César Alvarez
Ano: 2021
Tema(s): Democracia, Direitos Humanos, Segurança Pública
Tipo: Artigo
Language: Português
Formato: PDF
Acessar arquivo

Procurar publicações

Como citar essa publicação

DOS REIS PERON,  Alcides Eduardo; ALVAREZ , Marcos César. O GOVERNO DA SEGURANÇA: MODELOS SECURITÁRIOS TRANSNACIONAIS E TECNOLOGIAS DE VIGILÂNCIA NA CIDADE DE SÃO PAULO. NACIONALISMO E TENSÕES POLÍTICAS, v. 114, p. 1864, 2021.