«Quem confia em polícia?»: As atitudes dos adolescentes frente à autoridade policial

Resumo

Pesquisas têm destacado a importância da confiança entre cidadãos e autoridades para o reconhecimento das leis e a manutenção da ordem democrática. Assim, o objetivo deste artigo foi investigar os elementos que contribuem para a construção da confiança na polícia. Foi aplicado um questionário numa amostra de 743 adolescentes na cidade de São Paulo, Brasil e empregamos uma análise de regressão ordinal multinível. Os resultados indicam que os adolescentes de escolas públicas e com maior número de experiências indiretas com a polícia confiam menos na polícia; por outro lado, quando acreditam em um tratamento justo e respeitoso tendem a confiar mais. Nesse sentido, adotar uma estratégia consensual para trabalhar com o público adolescente pode ser um caminho para a construção de laços de confiança com a instituição policial.

 

Link original: https://revistaumanizales.cinde.org.co/rlcsnj/index.php/Revista-Latinoamericana/article/view/5104

Ficha Técnica

«Quem confia em polícia?»: As atitudes dos adolescentes frente à autoridade policial
Authors: Debora Piccirillo Barbosa da Veiga, Aline Morais Mizutani Gomes, André Vilela Komatsu
Ano: 2022
Referência: Revista Latinoamericana De Ciencias Sociales, Niñez Y Juventud
Tema(s): Crianças e Adolescentes, Polícia
Tipo: Artigo em Jornal ou Revista
Language: Português
Formato: PDF
Páginas: 22
Acessar arquivo

Procurar publicações

Como citar essa publicação

Piccirillo, D., M. Mizutani Gomes, A., & Vilela Komatsu, A. (2022). «Quem confia em polícia?»: As atitudes dos adolescentes frente à autoridade policial. Revista Latinoamericana De Ciencias Sociales, Niñez Y Juventud20(3), 1–22. https://doi.org/10.11600/rlcsnj.20.3.5104