Dia 20 de junho, novo seminário sobre violência de estado recebe movimentos “Por Nós” e “Mães do Cárcere”

07/06/2024

No dia 20 de junho às 14h, na sede do Núcleo da Violência da Universidade de São Paulo (NEV/USP), as pesquisadoras do Núcleo Veridiana Domingos Cordeiro, Rosângela Teixeira e Bruna Ferrari receberão representantes dos movimentos sociais “Por Nós” e “Mães do Cárcere” para uma roda de conversa sobre as pessoas privadas de liberdade e seus familiares, antes, durante e após o cárcere e o papel dos movimentos sociais na luta e na garantia de direitos.

No encontro, Sacerdotisa Iyá Batia de Oxum, graduanda em filosofia, sobrevivente do sistema prisional mobilizadora e integrante da RENFA (Rede Nacional Feminista Antiproibicionista) e Camila Felizardo, assistente social e sobrevivente do sistema prisional, estarão presentes pelo movimento “Por Nós”, uma rede de apoio para e por mulheres egressas e sobreviventes do cárcere, e Andrelina Amélia Ferreira (Andreia Mf) falará pelo movimento “Mães do Cárcere”. A conversa será mediada por Rosangela Teixeira, pesquisadora do Núcleo.

A série de “Seminários temáticos sobre violência policial na contemporaneidade”, que está sendo organizada por Cordeiro e Ferrari, mantém sua modalidade híbrida com transmissão pelo canal do Youtube do NEV (www.youtube.com/@nevuspvideos) e a participação presencial, mediante inscrição prévia, tendo a emissão de certificados de participação em ambas as formas.

Em julho, agosto e setembro, haverá novos encontros da série, com detalhes em confirmação.

 

Inscrição |

Link para inscrição (para a modalidade presencial, vagas limitadas): https://forms.gle/od2R1cDzLbieQb996

 

Descrição do evento |

O objetivo do encontro é discutir a violência policial e a violência do Estado que recaem sobre as pessoas privadas de liberdade e seus familiares, antes, durante e após o cárcere e o papel dos movimentos sociais na luta e na garantia de direitos.

 

 

Leia mais |

Agenda NEV | Seminários temáticos: “Violência policial na contemporaneidade: discussões sobre memórias e percepções sobre o luto e a confiança no Estado”